MALOCCLUSION TRAITS AND SUCKING HABITS IN PRESCHOOL CHILDREN

A CROSS-SECTIONAL STUDY

  • Carla Massignan Department of Pediatric Dentistry, School of Dentistry, Federal University of Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brazil
  • Júlia Gonçalves dos Santos Private Practice Dentist, Brazil.
  • Marcos Ximenes 3South University of Santa Catarina - UNISUL, Cidade Universitária, Palhoça, SC, Brazil
  • Mariane Cardoso Department of Pediatric Dentistry, School of Dentistry, Federal University of Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brazil
  • Michele Bolan Department of Pediatric Dentistry, School of Dentistry, Federal University of Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brazil

Resumo

Objetivo: O objetivo foi estimar a prevalência de maloclusões avaliadas em conjunto e separadamente em mordida aberta anterior, sobressaliência acentuada e mordida cruzada posterior, e a possível associação entre elas e os hábitos de sucção e amamentação. Métodos: Estudo transversal foi realizado com 472 préescolares de 24 a 60 meses e seus pais (taxa de resposta de 86,6%). Três dentistas treinados (Kappa > 0,70) examinaram as crianças para mordida aberta anterior, sobressaliência acentuada e mordida cruzada posterior e os pais responderam a um questionário indicando a presença de amamentação, uso de mamadeira, uso de chupeta, sucção de dedo e tempo de hábito. Resultados: A prevalência de maloclusões foi de 38,8%. A sobressaliência acentuada foi o mais prevalente (30,3%), seguido da mordida cruzada posterior (8,9%) e da mordida aberta anterior (7,4%). A regressão de Poisson não ajustada mostrou que as crianças que não foram amamentadas apresentaram 63,0% maior prevalência de maloclusão quando comparadas com aquelas que foram amamentadas (RP 1,63, IC95% 1,06-2,50). A duração do uso de chupeta em meses foi o único hábito que permaneceu no modelo ajustado associado à mordida aberta anterior (RP
1,10, IC 95% 1,05-1,14, p < 0,000) e sobressaliência acentuada (RP 1,03, IC 95% 1,01-1,05, p = 0,004). Para mordida cruzada posterior nenhum hábito mostrou associação no modelo ajustado. Todos os modelos foram ajustados por idade e sexo. Conclusão: A sobressaliência acentuada é a maloclusão mais prevalente. O
tempo do uso de chupeta está associado à presença de maloclusão, mordida aberta anterior e sobressaliência acentuada. Nenhum dos hábitos investigados está associado à mordida cruzada posterior.

Publicado
2019-01-15
Como Citar
MASSIGNAN, Carla et al. MALOCCLUSION TRAITS AND SUCKING HABITS IN PRESCHOOL CHILDREN. Revista Científica do CRO-RJ (Rio de Janeiro Dental Journal), [S.l.], v. 3, n. 3, p. 67-74, jan. 2019. Disponível em: <http://revcientifica.cro-rj.org.br/index.php/revista/article/view/63>. Acesso em: 18 fev. 2019.
Seção
Artigos