MAXILLARY EXPANSION, CONSTRICTION, AND PROTRACTION THROUGH FACIAL MASK TO CORRECT ANTERIOR CROSSBITE: CASE REPORT

  • Nayara Priscilla Pereira Lemos Methodist University of São Paulo - Faculty of Medical Sciences and Health, SãoPaulo, SP, Brazil
  • Lívia Helena Lourenço Leal Amoroso Methodist University of São Paulo - Faculty of Medical Sciences and Health, SãoPaulo, SP, Brazil
  • Erika Josgrilberg Guimarães Methodist University of São Paulo - Faculty of Medical Sciences and Health, SãoPaulo, SP, Brazil
  • Natalia Pereira de Oliveira Methodist University of São Paulo - Faculty of Medical Sciences and Health, SãoPaulo, SP, Brazil
  • Renata Pilli Jóias Methodist University of São Paulo - Faculty of Medical Sciences and Health, SãoPaulo, SP, Brazil

Resumo

Introdução: A protração maxilar associado ou não à expansão rápida da maxila (ERM) apresenta-se como terapia de escolha de maloclusão de Classe III esquelética por deficiência maxilar numa fase precoce da vida. Objetivo: Relatar caso clínico de expansão e constrição rápida da maxila com protração maxilar em indivíduo
Classe III esquelética com dentição mista. Relato: Paciente com 9 anos e 3 meses de idade, maloclusão de Classe III esquelética e mordida cruzada anterior de -3mm foi tratado com expansor do tipo Hyrax, usando protocolo de expansão e constrição da maxila associada a tração reversa com máscara facial de Petit. Durante 4 dias foram realizadas expansão do disjuntor em 2/4 de volta pela manhã e constrição de 2/4 de volta pela noite. Após esse período o paciente utilizou a máscara facial com força de 500N por um período de 14 horas por dia, durante 3 meses. Alcançada a sobrecorreção a máscara foi utilizada durante o período noturno com força de 300N. Resultados: Observou-se sobressaliência de 2,5mm, boa relação transversal interarcos e bom perfil facial. Conclusão: O protocolo de expansão e constrição maxilar seguido de tração reversa com máscara de Petit foi eficaz na correção da mordida cruzada anterior de indivíduo com maloclusão de Classe III esquelética precoce por deficiência antero-posterior da maxila.

Publicado
2019-05-22
Como Citar
LEMOS, Nayara Priscilla Pereira et al. MAXILLARY EXPANSION, CONSTRICTION, AND PROTRACTION THROUGH FACIAL MASK TO CORRECT ANTERIOR CROSSBITE: CASE REPORT. Revista Científica do CRO-RJ (Rio de Janeiro Dental Journal), [S.l.], v. 4, n. 1, p. 92-96, maio 2019. Disponível em: <http://revcientifica.cro-rj.org.br/index.php/revista/article/view/34>. Acesso em: 14 out. 2019.
Seção
Relato de Caso