Luting agents differentially modulate inflammation and matrix metalloproteinases in connective tissue

  • Alexandra Mussolino de Queiroz
  • Thais Helena Andreolli do Amaral
  • Francisco Wanderley Garcia Paula-Silva FORP/USP
  • Paulo Nelson Filho
  • Raquel Assed Bezerra da Silva Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto
  • Patrícia Maria Gaton-Hernández Facultat d’Odontologia, Department d’Odontopediatria, Barcelona
  • Léa Assed Bezerra da Silva Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto

Resumo

Objetivo: Avaliar a resposta tecidual e a expressão de metaloproteinases da matriz (MMP) -2 e -9 frente aos cimentos RelyXTM Unicem (RU) e KetacTM Cem Easymix (KC), após implantação no tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos. Métodos: RU (n=30), KC (n=30) e tubo vazio (controle; n=30) foram implantados no tecido subcutâneo dorsal de camundongos isogênicos BALB/c e os tecidos removidos para análise histológica após 7, 21 e 63 dias. Foram analisadas a resposta celular local, por meio da contagem de células inflamatórias e a espessura da cápsula fibrosa. A expressão de MMP-2 e -9 foi investigada por meio de imunohistoquímica. Os dados foram submetidos à análise estatística (α=5%). Resultados: Foi observado que RU induziu uma inflamação leve aos 7 e 21 dias com aumento do número de células inflamatórias aos 63 dias (p<0,05). KC induziu uma resposta inflamatória mononuclear mais intensa aos 7 e 21 dias (p<0,05), com redução do infiltrado aos 63 dias, semelhante ao observado no controle (p>0,05). Em todos os grupos a espessura da cápsula foi considerada fina (p>0,05). MMP-2 foi detectada em períodos precoces para RU e KC, com diminuição com o passar do tempo. MMP-9 apresentou um padrão semelhante ao controle para o KC, enquanto para o RU houve aumento com o passar do tempo. Conclusão: RU induziu uma resposta inflamatória e a expressão de MMP-9 mais tardia no tecido conjuntivo subcutâneo que foi diferente da resposta induzida por KC.

Publicado
2018-05-03
Como Citar
DE QUEIROZ, Alexandra Mussolino et al. Luting agents differentially modulate inflammation and matrix metalloproteinases in connective tissue. Revista Científica do CRO-RJ (Rio de Janeiro Dental Journal), [S.l.], v. 3, n. 1, p. 8-15, maio 2018. Disponível em: <http://revcientifica.cro-rj.org.br/index.php/revista/article/view/15>. Acesso em: 26 ago. 2019.
Seção
Artigos